8 de agosto de 2013

Viver a Vida

Olhar para o céu e imaginar o que tem por trás dele. Olhar as estrelas e entender o motivo de estarem ali. Tentar entender a existência de alguns fenômenos naturais é uma coisa complicada. Leva tempo. E não sabemos, ao certo, quanto tempo temos para viver.

Mas, por que começar um texto da vida com essa relação de fenômenos naturais? Ah, eu não sei! Talvez porque esses fenômenos nos ofereçam uma sensação de liberdade, em muitos sentidos... Uma liberdade de pensamentos, onde deixam de ficar "trancados" e passam a surgir dúvidas. A liberdade corporal e/ou de expressão, onde podemos liberar o que existe dentro de nós em uma dança, por exemplo, livrando todos esses sentimentos que ficaram aqui por anos, quem sabe?!

Aprendi que, devemos viver independente do que os outros pensem de nós. "Deixa que digam que pensem, que falem.", o importante é você estar bem consigo mesmo! 

Muitas pessoas estão acompanhando a novela das nove, "Amor à Vida", onde a personagem Nicole, interpretada pela fofa da Marina Ruy Barbosa, sofre de um câncer, encontrando-se em uma fase terminal, possuindo apenas seis meses de vida. Nicole poderia ficar na cama o dia inteiro, lamentando o pouco tempo de vida, em como ela poderia ter tido um futuro, filhos, uma família... Mas, ao invés de ficar se lamentando, a mocinha decidiu aproveitar esse pouco tempo para fazer o que ela queria fazer na vida inteira. Ela está vivendo de aventuras. 

Seu sonho era arrumar um amor verdadeiro e, um certo dia, "encontrou" o Tales (de acordo com o seu ponto de vista, isso é obra do destino!) e se apaixonou! Se entregou de corpo e alma e, logo decidiu casar com o rapaz, colocando em prática um dos seus sonhos. 

Não estou aqui para fazer uma resenha da novela, apenas estou citando o que o Walcyr Carrasco conseguiu passar para nós: "TEMOS DE VIVER A VIDA, APROVEITÁ-LA ENQUANTO AINDA NOS RESTA TEMPO."

O importante é viver, celebrar os momentos que passamos com as pessoas que amamos e que nos amam também. Ser uma pessoa compreensiva e conselheira, colhendo o que plantamos. 

                                                                                                

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e por deixar o seu comentário! Volte sempre! <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...