13 de agosto de 2013

Além da Amizade


É muito complicado gostar de alguém que nos vê apenas como uma amiga. O medo de rejeição é maior do que se fosse com qualquer outro cara. A amizade está no meio. E corre, sim, o risco de acabar.

"Mas por que eu fui me apaixonar logo por ele? Ele é o meu melhor amigo...". Nos apaixonamos por pessoas que nos fazem bem, nos deixam felizes. A única diferença é que ele é a pessoa em quem você confia, e que não precisa de nada além da amizade para vocês serem felizes juntos. Mas, quando essa amizade se torna uma paixão, a situação muda totalmente.

Eu já passei por essa situação. Ele era o meu melhor amigo. Conversávamos sobre tudo e, de repente, tudo mudou. Ele gostava de uma menina que não dava bola pra ele. Ele agia com tanta doçura, mas ela sempre preferiu os meninos mais velhos e que não estudavam na escola. Aquela situação sempre me incomodou (como amiga, achava que ele estava sendo bobo de correr atrás dela, que conseguiria uma menina realmente bacana que retribuísse todo esse afeto que estava gastando com aquela garota) mas, do nada, eu tinha vontade de estar no lugar dela, por quem ele dedicava seu amor. Uma coisa tão estranha... É como se eu tivesse me apaixonado pelo meu próprio primo.


Meus sentimentos ficaram desajustados, meu coração parecia mais uma escola de samba cada vez que eu me aproximava dele... Não conseguíamos mais conversar como antes. A situação estava fora do controle. Como eu não conseguia olhar para ele da mesma forma, resolvi tomar coragem e me declarar. Ele ficou muito assustado e falou que não queria arriscar a nossa amizade. Chorei muito e acabei desiludindo. A nossa amizade não voltou a ser como antes, o clima não era mais o mesmo. Nós havíamos mudado muito em tão pouco tempo. Mudamos de escola e cada um seguiu um caminho diferente.

Se você passa pela mesma situação que eu passei, aí vai uma dica: não se declare, a menos que você ache que é a hora certa e está disposta a arriscar a amizade ou tem quase certeza que o amor é recíproco, pois você acaba correndo vários riscos:

* Ele pode gostar de você também e te dar uma chance;
* Ele não te enxergar como uma namorada, vocês se afastarem e a amizade ser abalada (meu caso);
* Ele não sentir nada e, mesmo assim, a amizade continuar a mesma (pouca chance de dar certo!).

Por esses riscos, é extremamente importante saber o que você realmente sente pelo garoto. Lembre-se que "mais vale um pássaro na mão, do que dois voando..." (nesse caso, mais vale a amizade dele, do que a ausência em sua vida!!).

E você? Já se apaixonou pelo (a) seu (a) melhor amigo (a)? Como você lidou com a situação?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e por deixar o seu comentário! Volte sempre! <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...